Mau hálito

Criado em Junho 10, 2016

O mau hálito é tão antigo que podemos encontrar relatos até na Bíblia sobre a sua existência.

Ele foi descrito como uma problema clinico no ano de 1874 e por incrível que pareça até à muito pouco tempo, muito pouco se sabia sobre o diagnostico e tratamento do problema. Isso fez com que muitas pessoas, passassem toda uma vida sofrendo as conseqüências deste problema.

Hoje sabemos que o mau hálito, na grande maioria das vezes, não se trata de um problema de saúde, e sim numa simples alteração fisiológica que termina por alterar o odor do hálito, que ao adquirir um mau odor, torna-se um grande obstáculo ao estabelecimento de relações sociais. Acreditamos que mais de 30% da população Portuguesa sofre de forma crônica do problema, se contarmos o hálito ao acordar, esse percentagem sobe para os 100%. É comum encontrarmos profissionais de saúde, que por não terem conhecimento suficiente sobre o assunto, dizem que o problema não tem cura e outros ainda, o associam a problemas gastricos, como a gastrite e a hérnia de hiato.

Hoje sabemos que normalmente o mau hálito não provem do estômago, e se vier, será em curtíssimo espaço de tempo. Apesar de poder ser provocado por mais de 90 possíveis causas, o importante é que o problema tem solução, basta para isso sabermos as causas que estão levando a sua formação e tratá-las ou evitá-las.